Articles

! Hasta la Vista, Lelê ! – La Fiesta! :)

In ! Hasta la vista Lelê ! on quarta-feira, dezembro 24, 2008 by Letícia Piccolo Marcado: ,

hasta la vista la fiesta

 

Vamos lá, galera!

Preparem as performances, que a melhor vai ganhar um super prêmio!!

Vamos participar, deixe a vergonha de lado, vai estar todo mundo lá pra se divertir e pagar mico mesmo!!!

Ajude a fazer ‘la fiesta’ ficar mais legal escolhendo um artista e se preparando pra brilhar como a gente!!!

Um grande abraço a todos, espero todos vocês lá no sábado !

Lelê!

Presenças já confirmadas no evento:

Amy Winehouse

Shakira

Madonna

Chiclete com Banana

Jackson Five (na verdade, Six)

Negra Li

Beyoncé

Fergie

Gwen Stefani

Confime vc também o seu artista

para que possamos preparar a música!

Grande beijo!  Lelê

Anúncios

Articles

Quem disse que ser adulto é fácil ? – Jabor

In Filosofando on segunda-feira, dezembro 22, 2008 by Letícia Piccolo

Segue um texto bacanééééérrimo (falei igual à Elianinha agora… :)) que, provavelmente, é do Arnaldo Jabor.

Existe uma certa dúvida no ar na net quanto ao autor, mas, como sei que o Jabor é fera, deve ser dele mesmo.

Pra’queles que já sentiram esse sentimento louco na vida!!!    Abraços!! 🙂

coracao_partido

 

“Sempre acho que namoro, casamento, romance, tem começo, meio e fim. Como tudo na vida. 

Detesto quando escuto aquela conversa:
– Ah, terminei o namoro…
– Nossa, estavam juntos há tanto tempo…
– Cinco anos…. que pena… acabou…
– é… não deu certo…

Claro que deu! Deu certo durante cinco anos, só que acabou. E o bom da vida, é que você pode ter vários amores.

Não acredito em pessoas que se complementam. Acredito em pessoas que se somam. 
Às vezes você não consegue nem dar cem por cento de você para você mesmo, como cobrar cem por cento do outro?
E não temos essa coisa completa.

Às vezes ela é fiel, mas é devagar na cama.
Às vezes ele é carinhoso, mas não é fiel.
Às vezes ele é atencioso, mas não é trabalhador.
Às vezes ela é muito bonita, mas não é sensível.
Tudo junto, não vamos encontrar.

Perceba qual o aspecto mais importante para você e invista nele.
Pele é um bicho traiçoeiro. Quando você tem pele com alguém, pode ser o papai com mamãe mais básico que é uma delícia.

E às vezes você tem aquele sexo acrobata, mas que não te impressiona…
Acho que o beijo é importante… e se o beijo bate… se joga… se não bate… mais um Martini, por favor… e vá dar uma volta.

Se ele ou ela não te quer mais, não force a barra. O outro tem o direito de não te querer.

Não brigue, não ligue, não dê pití. Se a pessoa tá com dúvidas, problema dela, cabe a você esperar… ou não. 

Existe gente que precisa da ausência para querer a presença.
O ser humano não é absoluto.

Ele titubeia, tem dúvidas e medos, mas se a pessoa REALMENTE gostar, ela volta. Nada de drama. 
Que graça tem alguém do seu lado sob pressão?

O legal é alguém que está com você, só por você. E vice-versa. Não fique com alguém por pena. Ou por medo da solidão. Nascemos sós. Morremos sós.

Nosso pensamento é nosso, não é compartilhado. E quando você acorda, a primeira impressão é sempre sua, seu olhar, seu pensamento.

Tem gente que pula de um romance para o outro. Que medo é este de se ver só, na sua própria companhia?

Gostar dói. Muitas vezes você vai sentir raiva, ciúmes, ódio, frustração… Faz parte. Você convive com outro ser, um outro mundo, um outro universo.

E nem sempre as coisas são como você gostaria que fosse… A pior coisa é gente que tem medo de se envolver.

Se alguém vier com este papo, corra, afinal você não é terapeuta.

Se não quer se envolver, namore uma planta. É mais previsível.

Na vida e no amor, não temos garantias. 

Nem toda pessoa que te convida para sair é para casar. Nem todo beijo é para romancear. 
E nem todo sexo bom é para descartar… ou se apaixonar… ou se culpar…

Enfim…quem disse que ser adulto é fácil ?

Articles

I´m a MAC!!! :)

In Tecnologia, Vídeos legais on segunda-feira, dezembro 22, 2008 by Letícia Piccolo Marcado: ,

Bem, já que entrei no assunto… Me empolguei…. Rs…

Nos EUA existe uma GIGANTESCA briga entre os usuários de MAC e PC, que a gente, aqui no Brasil, náo tem a menor noçáo…

Só pra vcs entenderem melhor, os ‘I`m a MAC’ (Algo tipo ‘Sou um MAC’, ou seja, ‘Sou um usuário da MAC’) significa que vc é ‘cool’, descolado, faz as coisas bem feitas e de forma clara e simples, etc, etc, etc… Tudo de bom.  A Apple gastou MILHÓES nisso.  Por outro lado, se vc ‘É um PC’, vc é supostamente estagnado, faz tudo da forma mais complicada, vc é um nerd e sua vida é um caos.  O Bill (Gates) bem que tentou, mas as propagandas em resposta às provocaçóes sofridas náo convenceram, na opiniáo geral, acredito.

Aqui váo alguns vídeos pra vcs terem uma idéia. Bjs!!! Pros MACs e pros PCs!!! :))

Nesse eles falam que fizeram um vídeo caseiro usando os recursos de cada computador:

(Ah! E tem a nossa linda Gisele! 🙂

Nesse aqui eles juntaram 15 ads da série “I´m a Mac x I´m a PC”

Até os desenhos animados entram na confusáo:

Aqui uma responta da Microsoft contra as propagandas da Apple:

Articles

Bill Gates x General Motors

In Filosofando, Tecnologia, Vídeos legais on segunda-feira, dezembro 22, 2008 by Letícia Piccolo Marcado: , , ,

O texto abaixo foi retirado do blog do meu querido amigo e melhor fotógrafo de casamento do Brasil, Vinícius Matos.  O Vi é assunto pra um post inteiro… Pra muitos posts, aliás- é um cara extraordinário, fora do normal.  Mas náo é dele que vou falar agora.  Ele fica pra depois porquê é muito mais especial que isso aqui que vou escrever.

Como novo ‘Macmaníaca’ (pra quem náo sabe, agora eu uso um MacBook [pra quem entende menos ainda, um MacBook é um laptop da Macintosh, da Apple (se diz ‘apou’ em inglês, viu? nada de ficar falando ‘eipou’- é brega), tem um sistema operacional fantástico, o Mac OS, próprio para os produtos deles, exclusivos, ou seja, ao invés de usar o Windows, usa-se o Mac OS.  O Mac OS tem fama de super estável (náo é só fama náo…), de náo pegar vírus, de raramente (raramente messssmo) travar, etc, etc, etc.  É um produto elitizado… Vc vê que pensaram em cada pequeno detalhe… Vou até colocar o vídeo de fabricaçáo do meu novo MacBook aqui depois… )  Enfim, como uma ‘switcher’, ou seja, quem troca um laptop normal, com windows, por um Mac, como nova Macmaníaca e super-entusiasta, comprei livros sobre isso, li bastante, mexi, futuquei, e agora tô super Mac entendida.  Por tudo isso, achei o máximo o texto que o Vi publicou no Blog dele (depois dou o endereço) e vou transcrever aqui, ok? Vamos lá (pra quem ‘é Mac’, como eu, é muito, muito engraçado! E mesmo pra quem náo é, vai se reconhecer em vááááárias situaçóes… 🙂

bill-gates-me dei mal

Nota da GM para comentário de Bill Gates.

Numa recente feira de informática (Comdex), Bill Gates fez uma infeliz comparação da indústria de computadores com a automobilística, declarando:

“Se a GM tivesse evoluído tecnologicamente tanto quanto a indústria de computadores evoluiu, estaríamos dirigindo carros que custariam 25 dólares e que fariam 1000 milhas por galão (algo como 420 km/l)”. A General Motors, respondendo ‘na bucha’, divulgou o seguinte comentário:

Se a Microsoft fabricasse carros:

1. Toda vez que eles repintassem as linhas das estradas você teria que comprar um carro novo.

2. Ocasionalmente, dirigindo a 100 km/h , seu carro morreria na auto-estrada, sem nenhuma razão aparente, e você teria apenas que aceitar isso, sem compreender o porquê! Depois, deveria religá-lo (desligando o carro, tirando a chave do contato, fechando o vidro saindo do carro, fechando e trancando a porta, abrindo e entrando novamente… Em seguida sentar-se no banco, abrir o vidro, colocar a chave no contato e ligar novamente). Depois, bastaria ir em frente.

3. Ocasionalmente a execução de uma manobra à esquerda poderia fazer com que seu carro parasse e falhasse… Você teria então que reinstalar o motor! Por alguma estranha razão você aceitaria isso como ‘normal’.

4. A Linux faria um carro em parceria com a Apple, extremamente confiável. Cinco vezes mais rápido e dez vezes mais fácil de dirigir. Mas apenas poderia rodar em 5% das estradas.

5. Os indicadores luminosos de falta de óleo, gasolina e bateria seriam substituídas por um simples ‘Falha Geral ou Defeito Genérico’ (permitindo que sua imaginação identifique o erro!).

6. Em um acidente, o sistema de air bag perguntaria: ‘Você tem certeza que quer usar o air bag?’.

7. No meio de uma descida pronunciada, quando você ligasse o ar-condicionado, o radio e as luzes ao mesmo tempo, ao pisar no freio, apareceria uma mensagem do tipo ‘Este carro realizou uma operação ilegal e será desligado!’

8. Se desligasse o seu carro utilizando a chave, sem antes ter desligado o radio ou o pisca-alerta, ao ligá-lo novamente, ele checaria todas as funções do carro durante meia hora, e ainda lhe daria uma bronca para não fazer isto novamente. (ÓTIMA).

9. A cada novo lançamento de carro, você teria de reaprender a dirigir. Coisa fácil! Você voltaria a auto-escola para tirar uma nova carteira de motorista.

10. Para desligar o carro, você teria de apertar o botão ‘Iniciar’. (hahaha)

11. A única vantagem: seus netos saberiam dirigir muito melhor do que você!

Acreditem usuários Windows: Essa coisas NÁO acontecem com o Mac!!! É in-crí-vel! Pelo menos pra mim, que já tava me acostumando com todas as coisas acima…. 🙂

Aqui vai o vídeo do MacBook.  Pra quem náo entende inglês, sorry… Mas ‘as figuras’ dá pra entender!!! 🙂

Articles

Diretamente do KibeLoco: da série: ‘E se fosse pobre?’

In Blogs de Responsa on domingo, dezembro 21, 2008 by Letícia Piccolo Marcado: ,

ivete-sangalo-pobrefatima-bernardes-pobreangelica-pobre

Articles

Marcelo Silva – Item 2 da Sessentona :)

In Notícias on domingo, dezembro 21, 2008 by Letícia Piccolo Marcado: , ,

Queria parar os posts por ora de uma forma bonita, com Martha Medeiros e tudo e tal.  Mas náo vai dar.

No vídeo que publiquei da Ana Maria ‘profetizando’ sobre a vida do ‘bom moço’, muitas pessoas comentaram sobre no YouTube.  Entre elas uma auto-entitulada ‘sessentona’.  Vou postar pra vcs verem.  No segundo item, fiquei curiosa, confesso, e fui atrás do vídeo que mostra o corpito do rapaz.  É.  Vou ter que concordar com a sessentona neste aspecto…. 🙂

comentarios-sessentona

Articles

A Mulher Banana – Martha Medeiros

In Martha Medeiros on domingo, dezembro 21, 2008 by Letícia Piccolo Marcado: ,

13 de abril de 2008

MELANCIA E BANANA
Não sei se você já conhecia a Mulher Melancia e a Mulher Jaca. Eu só soube da existência dessas criaturas na semana passada. São duas dançarinas de funk que ganharam notoriedade por possuir quadris avantajados (respectivamente, 121cm uma, 101cm a outra). Essa é toda a história, com começo, meio e fim.   

Tem também a Mulher Rodízio, forma bem-humorada que a onipresente Preta Gil se autobatizou, justificando que ela tem carne pra todo mundo. 

Pois agora vou apresentar pra vocês a grande novidade desse mercado tão nutritivo: a Mulher Banana. 

A Mulher Banana, se tivesse um quadril de 120cm, correria três horas por dia numa esteira. Se isso não adiantasse, correria para uma mesa de cirurgia a fim de tirar uns cinco bifes de cada lado, porque ela considera bundão uma coisa muito vulgar. Faria isso por vaidade, pois acredita que, na prática, não faz a menor diferença para os homens se a mulher tem 90cm ou 120cm. Eu avisei que ela é banana. 

Essa questão da vulgaridade quase a deixa doente. Ela não se conforma de que a rafuagem ganhe tanto espaço na imprensa, incentivando um monte de menininhas a também rebolarem no pátio da escola. Ela morre de vergonha ao ver a mãe da Mulher Melancia dizer para um repórter que sente muito orgulho de ter uma filha vitoriosa. Ela se pergunta: pelamordedeus, não existe ninguém pra avisar essa gente que eles perderam o senso do ridículo? A Mulher Banana é totalmente sem noção, coitada. 

A Mulher Banana não se dá conta de que há pouco assunto para muito espaço na mídia. Não há novidade que chegue para preencher tanto conteúdo de internet, tanta matéria de revista, tanto programa de tevê, e é por isso que qualquer bizarrice vira notícia. Sem falar que, hoje em dia, tudo é cultura de massa, tudo é passível de análise para criarmos uma identidade nacional. Não, não, não pode ser!! Pode, Mulher Banana. 

A Mulher Banana, como o próprio nome diz, é ingênua, inocente, tolinha. Ela acredita que o discernimento nasceu para todos e que ser elegante vale mais do que ser ordinária. É boba, mesmo. Não no mercado das mulheres hortifrutigranjeiras, minha cara. Aliás, mercado ao qual você também pertence. Banana.

A Mulher Banana ainda se choca com certas imagens, com certas fotos. Não que ela não acredite no que está bem diante do seu nariz (já sondei e não tem parentesco algum com a Velhinha de Taubaté). Ela vê, ela sabe, ela está bem informada. Só que não consegue tirar isso pra piada, não leva na boa, não passa batido: ela é tão banana que se importa!! 

Aviso desde já que a Mulher Banana não tem empresário, não posa para sites eróticos, não dá entrevistas e muito menos aceita sair de dentro de um bolo gigante usando só um tapa-sexo. Ela é banana. Vai morrer sem dinheiro, só é rica em potássio. E não pense que é movida à inveja. Se fosse, invejaria a bundinha da Gisele Bündchen, que também andou à mostra esta semana e tem um tamanho bem razoável. A Mulher Banana, tadinha, ainda sonha com um padrão estético razoável e um comportamento social menos nanico. Não pode ser brasileira! Mas é, conheço-a como a mim mesma.